10/12/2019  19h41
· Guia 2019     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
SEÇÃO
Geral
11/11/2019 - 06h13
Tendências da alimentação mundial
João Melo
 

Recentemente participei da Feira Anuga em uma viagem, na qual nove micro e pequenas empresas gaúchas de alimentos e bebidas A&B foram selecionadas para a Missão Empresarial Internacional promovida pelo SEBRAE RS e a FIERGS, na Alemanha.

Durante esta feira, são apresentadas as tendências mundiais de alimentação. Dentre os conceitos que vi no evento, ressalto alguns. Os snacks, como chamam as pequenas refeições, estão tomando o lugar de uma alimentação mais completa. A razão aparente seria as pessoas estarem otimizando suas vidas, fazendo uma refeição mais equilibrada e que leve menos tempo para ser consumida. Por isso, as empresas tradicionais vêm criando versões de seus clássicos em formatos diferentes para não perderem espaço no mercado.

Um fato curioso é a de que, dentro de pouco tempo, os insetos farão parte da alimentação humana e por um motivo muito simples: são fáceis de serem reproduzidos e praticamente toda sua estrutura é comestível, evitando desperdícios, diferentemente das carnes de gado e frango.

O hiperlocalismo, que é preferência por produtos locais, já não é somente uma novidade, é uma realidade mundial. Neste caso, também se adapta como uma opção de preservação ambiental, já que consumir o produto próximo ao local onde é produzido reduz a emissão de carbono, além de ativar a economia local.

Evidencia-se também o atendimento focado na experiência do usuário, pois os clientes nunca estiveram tão ávidos por novos sabores, aromas e experiências. E, através desta atuação diferenciada, criar emoções e sensações resgatando memórias através dos alimentos.

Para finalizar, gostaria de falar sobre o segmento de alimentação do reino das plantas, plant based, alimentos híbridos constituídos de partes de vegetais. Um exemplo desta tendência são os hambúrgueres compostos 100% por vegetais com cor, sabores e suculência de carne, satisfazendo, assim, quem deseja reduzir o consumo de proteína animal sem perder o paladar. E, cada vez mais, terão produtos com alguma quantidade de vegetais na sua composição.


Nota do Editor: João Melo é proprietário do Restaurante Gambrinus.

PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "GERAL"Índice das publicações sobre "GERAL"
06/12/2019 - 06h32 Uso correto do repelente nas crianças
04/12/2019 - 07h21 Para não estragar as festas de final de ano...
03/12/2019 - 06h18 Dia Internacional da Pessoa com Deficiência
30/11/2019 - 09h16 Os números do chassi do veículo
30/11/2019 - 09h12 Dez passos para uma boa tomada de decisão
26/11/2019 - 06h27 Errar é humano
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2019, UbaWeb. Direitos Reservados.