12/08/2020  11h49
· Guia 2020     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
SEÇÃO
Educação
21/06/2020 - 07h43
Como o estágio mantém o jovem estudando
Seme Arone Junior
 
Entenda mais sobre os ganhos e impactos positivos dessa modalidade na trajetória profissional dos brasileiros

No momento atual, o mundo inteiro enfrenta um desafio grande: superar a crise deixada pelo coronavírus. Não será uma tarefa fácil, mas toda empresa precisa começar fortalecendo o motor principal dos negócios: seu quadro de talentos. Afinal, somente com os times mais fortes será possível vencer as adversidades e quem melhor para ajudar se não os estagiários?

O jovem traz uma força revolucionária para o ambiente corporativo, principalmente em situações de instabilidade. A criatividade e espírito de inovação dos mais novos são aspectos realmente valiosos, capazes de agregar - e muito - para os resultados do empreendimento. Entretanto, os benefícios de contratar estagiários são tanto para as contratantes, quanto para os sujeitos admitidos.

O primeiro impacto positivo para quem quer estagiar é a chance de colocar em prática o conteúdo desenvolvido na instituição de ensino. Isso porque essa colocação é destinada apenas para quem estuda, seja no nível médio, técnico, superior ou EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Além disso, outro grande ganho para quem tem essa experiência, depois da oportunidade de ingressar no mercado de trabalho, é poder dar os primeiros passos em direção à independência financeira. Afinal, de acordo com a lei 11.788/2008, quem é admitido para estagiar tem direito a uma bolsa-auxílio, bem como auxílio transporte e recesso remunerado. As regras valem para a modalidade não-obrigatória da prática.

Com essa iniciativa, o estudante recebe um pagamento mensal o qual auxilia, na maior parte das vezes, a pagar seus estudos. Portanto, isso ajuda a mudar a triste estatística de evasão escolar do Brasil. Atualmente, segundo dados do Inep/MEC, menos de 40% dos indivíduos ingressantes em uma faculdade conseguem terminar o curso.

O que ganhamos com mais pessoas em sala de aula? Maior qualificação para todas as áreas! Se as corporações acreditam no potencial desse grupo, elas garantem ainda mais força para si e para a própria economia da nação. Ainda de acordo com o dispositivo legal, o estágio não gera vínculo empregatício, logo, não há obrigação de pagar FGTS, 13º salário, ? sobre férias e outros encargos trabalhistas.

Os incentivos para os empreendimentos são enormes! Embora os caminhos ainda possam estar obscuros, o país irá se recuperar! Para isso, gestores precisam se preparar, abrir as portas de suas corporações para quem mais precisa e garantir cada vez mais qualidade em seus serviços. Acredite na força jovem!


Nota do Editor: Seme Arone Junior é presidente da Abres - Associação Brasileira de Estágios (abres.org.br).

PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "EDUCAÇÃO"Índice das publicações sobre "EDUCAÇÃO"
29/07/2020 - 06h40 Estudantes podem se inscrever no Fies
27/07/2020 - 06h53 Games que combinam diversão e informação
19/07/2020 - 08h10 EAD para crianças em debate durante a pandemia
16/07/2020 - 07h02 Prova do Enem deve acontecer em 2021
13/07/2020 - 06h59 Sisu tem 814,47 mil inscrições
25/06/2020 - 06h38 Enem 2020 tem 5,8 milhões de inscritos
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2020, UbaWeb. Direitos Reservados.