08/12/2021  22h13
· Guia 2021     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Marcelo Sguassábia
21/10/2021 - 05h51
Duña, influenciador digital
 
 

Sim, amantíssimos discípulos. As redes sociais me capturaram, como uma tilápia indefesa e desgovernada.

Habemus página. Habemus perfis. Habemus canais pra tudo quanto é canto cibernético. Mas não implorarei para que ninguém deixe seu like, mesmo que isso me custe uma dolorosa despencada no ranqueamento do YouTube. Essa história de curtir, de comentar, compartilhar e assemelhados são insidiosas armadilhas dos coisas-ruins espalhados por este universo velho sem porteira.

Por ter atravessado milênios sem conta e influenciado centenas de gerações (desde Zorobabel, príncipe de Judá, até a geração do rapazola Zuckerberg, aquele que mais manja desses paranauê internéticos aos quais fomos obrigados a aderir), a doutrina duñesca e seus oráculos multinacionais resistirão a todos os percalços capetísticos, de natureza digital ou não, que venham a se abater sobre seus dogmas e seus templos de adoração.

Todavia, como os boletos que chegam até mim resistem a toda sorte de reza braba e exorcismo com alho, vejo-me forçado a avalizar produtos e serviços junto ao meu rebanho em troca do vil metal.

Na qualidade de influencer, entretanto, minha responsabilidade aumenta. E aviso desde já que não recomendarei produtos que levem ao vício e à devassidão, que sejam de comer, beber ou vestir, que afrontem os dias santos estabelecidos por mim - o Venerável Duña. Serão também recusados os artigos que promovam preguiça, molenguice e bocejos, que provoquem azia, hérnia de disco ou cerume nos ouvidos, que não apresentem serventia moralmente apropriada, que contribuam para a bocasujice dos pirralhos respondões, que apresentem velocidade gravitacional análoga a um Patolino de pelúcia quando atirado pela janela, em apartamentos situados ao nível do mar. Fora isso, de boas. Nosso Departamento Comercial não medirá esforços para deixar tudo suave na nave.

Esta é uma obra de ficção.


Nota do Editor: Marcelo Pirajá Sguassábia é redator publicitário em Campinas (SP), beatlemaníaco empedernido e adora livros e filmes que tratem sobre viagens no tempo. É colaborador do jornal O Municipio, de São João da Boa Vista, e tem coluna em diversas revistas eletrônicas.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "CRÔNICAS"Índice das publicações sobre "CRÔNICAS"
08/12/2021 - 05h49 Devemos saber manter o amor pela vida
07/12/2021 - 05h42 Black Strange Friday
03/12/2021 - 06h00 Entre verdades e aparências
02/12/2021 - 06h07 Bustos históricos
01/12/2021 - 05h29 Livros são nossos melhores companheiros
30/11/2021 - 06h05 A vó do meu vô
ÚLTIMAS DA COLUNA "MARCELO SGUASSáBIA"Índice da coluna "Marcelo Sguassábia"
29/11/2021 - 05h20 Paradeiro paraguaio - Parte II
18/11/2021 - 05h22 Paradeiro paraguaio
12/11/2021 - 05h54 O fio dental como perpetuador da espécie
02/11/2021 - 05h48 Roma, 80 d.C.
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2021, UbaWeb. Direitos Reservados.