01/10/2022  23h57
· Guia 2022     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
SEÇÃO
Poesias
22/07/2022 - 06h21
Minhas roupas velhas
Rangel Alves da Costa
 

Gosto de roupas
roupas novas e bonitas
folgadas e confortáveis
até mesmo caras demais
para o pouco que possuo

mas gosto ainda mais
das roupas velhas
minhas velhas roupas
já quase rasgadas
mesmo descosturadas
tronchas e tortas
mas que são carícias
quando me abraçam
e não querem mais sair
do meu corpo

minhas roupas velhas
são como aquele pé
um pé de laranja lima
que fez o menino chorar
quando sumiu de seu quintal

e o meu quintal tem varal
onde minhas roupas velhas
se estendem desajeitadas
querendo logo me vestir
me abraçar e me amar.


Nota do Editor: Rangel Alves da Costa é poeta e cronista. Mantém o blog Ser tão / Sertão (blograngel-sertao.blogspot.com.br).

PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "POESIAS"Índice das publicações sobre "POESIAS"
01/10/2022 - 06h21 A ajuda esperada
24/09/2022 - 06h19 Explicando as estrelas do mar
03/09/2022 - 06h17 Um sonho, nada mais que um sonho
02/09/2022 - 06h10 O céu é azul
29/08/2022 - 06h18 Lamentos
27/08/2022 - 06h24 É preciso acender a luz
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2022, UbaWeb. Direitos Reservados.