30/05/2024  01h10
· Guia 2024     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Marcos Guerra
13/12/2010 - 14h02
Cadê a super segurança do Super Verão?
 
 
Ana Gabriela Fernandes (PMEBU) / Marcos Guerra 

As imagens falam mais do que palavras e dispensam maiores provas ou testemunhas. Por mais interessantes e desejados que sejam os shows com artistas realmente famosos, há princípios que devem ser seguidos e respeitados. Segurança e a não destruição do local utilizado para o evento são algumas das questões que deveriam envolver projetos que visam comportar um grande número de pessoas.

Na primeira imagem (à esquerda) a fotógrafa Ana Gabriela Fernandes, fez questão de mostrar o porte da estrutura metálica, que está sendo erguida, bem como 03 funcionários em pleno trabalho. Após aumentar a imagem ao máximo possível pude constatar que os trabalhadores são pessoas normais no que se refere ao tamanho da cabeça e das mãos. Tal observação é de extrema importância para que não fossem cometidas injustiças ao elaborar o presente texto. Por não serem possuidores de cabeças do tamanho de uma melancia e por não possuírem mais de cinco dedos em cada mão, não pude encontrar explicação plausível para a falta de utilização dos equipamentos de segurança, tais como luvas e capacete.

A não utilização de tais equipamentos seja pela não existência dos mesmos, seja pelo descaso dos próprios funcionários é fato preocupante que permite que sejam feitas analogias para com a segurança de toda a estrutura que está sendo montada. Será que há fiscalização dos órgãos competentes com relação a capacidade da estrutura no que se refere a peso suportado e número de pessoas? Quem é o responsável técnico habilitado pela montagem? Por que não há qualquer placa indicativa com o nome da empresa e do responsável técnico?

Na segunda imagem vemos que os fins justificam os meios e a destruição do calçamento passa a ser um mero detalhe. Quem será o responsável pelo conserto do calçamento e quando isso acontecerá?

Não vou entrar no mérito do local escolhido para o tal evento, pois seria esperar demais do, por ora, chefe do executivo municipal. De qualquer modo, espero que Ubatuba não se transforme em palco de mais uma irresponsabilidade causada por pessoas que não se preocupam com o bem estar e a segurança da população. Palanques que despencam, estruturas metálicas que não suportam o peso indicado, estruturas montadas erroneamente, excesso de pessoas gerando tumultos, são apenas alguns problemas decorrentes da já citada falta de responsabilidade.

Como última pergunta gostaria de saber onde e por quem as pessoas serão atendidas em caso de acidentes? A Cruz Vermelha vai mandar reforços ou teremos a presença do exército?


Nota do Editor: Marcos de Barros Leopoldo Guerra, natural de São Paulo - SP, morador de Ubatuba desde 2001, é empresário na área de consultoria tributária.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "UBATUBA"Índice das publicações sobre "UBATUBA"
30/12/2022 - 05h40 Biblioteca de Ubatuba reabre em janeiro
29/12/2022 - 06h34 3ª etapa do Circuito Filipe Toledo Kids On Fire
28/12/2022 - 06h42 Assistência Social divulga campanha em Ubatuba
27/12/2022 - 07h39 E nas areias de Ubatuba... (CDXLIX)
27/12/2022 - 07h37 Inscrições para estágio na Prefeitura de Ubatuba
26/12/2022 - 07h47 IPTU 2023 em Ubatuba
ÚLTIMAS DA COLUNA "MARCOS GUERRA"Índice da coluna "Marcos Guerra"
27/02/2011 - 06h08 Nova derrota de Eduardo Cesar
02/02/2011 - 06h06 Promotor de Ubatuba é afastado cautelarmente
31/01/2011 - 12h01 Mais trabalho para a Câmara de Ubatuba
28/01/2011 - 16h02 Mais sobre a Câmara de Ubatuba
24/01/2011 - 14h01 Câmara Municipal abre sindicância em Ubatuba
13/01/2011 - 17h01 Mais sobre a rejeição das contas de Ubatuba
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2024, UbaWeb. Direitos Reservados.