26/10/2021  00h28
· Guia 2021     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Ricardo Yazigi
01/04/2014 - 08h00
Ninguém cuida melhor de seus buracos que Ubatuba
 
 

Outubro 2013. Passando pela Rua Sebastião Benedito Rocha na SILOP deparei-me com uma cena surrealista, sem nenhuma ofensa a Salvador Dali, um dos meus pintores prediletos.

Um belo buraco decorado, a fazer inveja a qualquer decoração natalina de final de ano da Avenida Paulista.

O poder público tem se mostrado criativo na manutenção dos buracos da cidade. Alguns são decorados como o da foto, outros são preenchidos com os mais diversos objetos: garrafas pet, bonecas, madeira, tijolos, caixas, lixo etc.

O interessante é que essa decoração é mutante.

Março 2014. Voltei para visitar o local do buraco da Rua Sebastião Benedito Rocha. Lá estava ele belo e formoso agora preenchido com entulho de verdade e sinalizado com um cone da SABESP.

Buraco sinalizado e devidamente autografado.

Seis meses se passaram da minha primeira visita a tão nobre depressão e ela continuava ali imponente.

Cidade civilizada cuida de seus buracos, afinal para que pagamos um dos IPTUs mais caros do Estado de São Paulo?

Cuidar de buracos é obrigação do município e neste quesito não podemos reclamar, pelo menos esse buraco tem sido alvo de cuidado, pois a municipalidade e estado estão atentos a ele.

Pena não tê-lo conhecido quando nasceu, pois assim saberia sua data de aniversário e poderia levar até um bolo comemorativo para distribuir aos habitantes locais que têm o prazer de apreciá-lo todos os dias.

Meu grande amigo Polé luta há 30 anos para que Ubatuba tenha sua TV Comunitária.

Caro Polé, a gente sabe que assunto não ia faltar, só esse aqui já daria uma bela reportagem.

Mas Polé, os buracos iam aparecer em horário nobre, os descasos da saúde, as falcatruas, a incompetência da administração pública local, o atraso que vive o município vítima de uma política retrógrada, a TV comunitária ia denunciar também os podres da administração.

Ah, mas têm as belezas naturais, as praias, a mata, as cachoeiras, a boa gastronomia da cidade, ia mostrar muita coisa boa também.

O problema é que chama TV Comunitária e Ubatuba não tem uma comunidade organizada.

Você já viu uma só cidade que não tenha um clube? Pois é, Ubatuba não tem.

Ubatuba não tem vida social e sem sociedade organizada não tem TV Comunitária.

Por isso, sua TV Comunitária não sai do buraco.

Afinal, buraco é a maior especialidade local. Ubatuba cuida tanto de seus buracos que deve ter o recorde nacional de buracos por m².

Não quero desanimá-lo em sua luta, mas enquanto Ubatuba tiver buracos significa que não existe comunidade organizada capaz de tornar a cidade organizada.

Sem comunidade, sem TV Comunitária.

É lamentável, mas não é surrealismo, é realismo.

Polé, aquele abraço!!!


Nota do Editor: Ricardo Yazigi é engenheiro civil, mestre em ciências pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "UBATUBA"Índice das publicações sobre "UBATUBA"
25/10/2021 - 06h10 De olho em Ubatuba - 25/10/21
25/10/2021 - 06h08 Coleta seletiva nos prédios públicos de Ubatuba
24/10/2021 - 07h08 Veja a agenda da semana de aniversário de Ubatuba
23/10/2021 - 05h32 Rastreamento de câncer bucal em Ubatuba
22/10/2021 - 06h24 Ubatuba volta às aulas com 100% da capacidade
22/10/2021 - 06h20 Programa de Eficiência Energética em Ubatuba
ÚLTIMAS DA COLUNA "RICARDO YAZIGI"Índice da coluna "Ricardo Yazigi"
20/03/2018 - 05h52 Como surgiram os buracos de Ubatuba
23/02/2018 - 07h40 Tinha um buraco no meio do caminho
11/03/2014 - 07h00 Bolsa Brasil
27/11/2012 - 09h12 Desplugue-se
15/11/2012 - 08h00 Pequenas empresas, péssimo negócio
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2021, UbaWeb. Direitos Reservados.