23/01/2020  08h28
· Guia 2020     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Celso Fernandes
16/12/2019 - 06h34
Harmonia política em pleno andamento
 
 
Tevê à manivela

Um pouco mais do mesmo, ou tudo do mais outra vez? Dizem até que mudanças são sempre precisas, porém, da teoria à prática, projetos em pauta, mandatos, os discursos de púlpito tomam conta do assunto. E haja quóruns - e isso quando há em Plenário.

Certamente o que mais ouvimos falar é sobre mudanças no governo e de governo, melhorias coisa e tal. Porém, assunto em pauta da para 2020, Fundo Partidário! Eleições em evidência e de onde eles vão tirar os recursos mesmo? Não é à toa que nesse processo vale tudo além da Saúde e Educação dentre outras pastas de necessidades mais. O que planeja o Congresso e tão “Honrada Casa” senão tirar do fundo público que financia campanhas conhecidas importando onde iremos parar.

Via de rega, o voto de quem na cifra dos R$ 3,8 bilhões enquanto parece que o país não está em crise. Enfim, cortes e mais cortes previstos em benefício deles, no total: R$ 500 milhões em saúde, R$ 380 milhões em infraestrutura e R$ 280 milhões em educação. Magnífico? Ou que por aqui ainda seja possível repetir sobre nossa desigualdade social em bom tom? Deveras.

Nesse sentido, principalmente no tocante àqueles prefeitos e vereadores que querem ser (re)eleitos algo de mais profundo ainda o povo está sempre a desejar. Por certo, “o voto de quem?” se as injustiças salariais seguem descabidas de mandato a mandato! Nessa de aprovação, assinaturas falsificadas de deputados para reforçar no time e como se já não soubéssemos disso. Bem assim. Honestidade Política - sempre - acima de qualquer suspeitas. Seja por parte do PT e do PSL à frente da maior sangria. “Querem apenas o dinheiro recolhido e de quem mais - o povo - que possa tomar posicionamento social para coibir mais esse descalabro”.

Em tempo! Sobre o exemplo que vem do alto, na (sobre) lógica do assunto: “Fundo, Fundinho, Fundão”. Entre o certo, o errado, tão perto do menos duvidoso, difícil mesmo está aonde eles querem chegar. E se é que querem mesmo chegar a não ser em benefício deles mesmos dentro dessa harmônica política toda.


Nota do Editor: Celso Fernandes (modarougebatom.blog.terra.com.br), jornalista, poeta e escritor, autor de “As duas faces de Laura”, “O Sedutor”, “Sonho de Poeta” (Ed. Edicon), entre outros. Colunista de Moda, Cultura & TV, escreve semanalmente em jornais, revistas e sites relacionados às áreas.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "CRÔNICAS"Índice das publicações sobre "CRÔNICAS"
23/01/2020 - 06h31 Para viver um amor perfeito, ou quase...
22/01/2020 - 06h42 Comprovantes incomprováveis
21/01/2020 - 07h23 Parabéns, SP. Parabéns?
20/01/2020 - 07h44 Ateliê de costura
17/01/2020 - 08h07 Nossos preconceitos
16/01/2020 - 08h24 Uma ceia para Deus
ÚLTIMAS DA COLUNA "CELSO FERNANDES"Índice da coluna "Celso Fernandes"
06/01/2020 - 05h37 Na sinopse do mesmo assunto?
08/12/2019 - 06h54 Brasil, país dos finalmente corretos?
02/12/2019 - 06h36 Senso, bom senso, contrassenso
28/11/2019 - 07h25 O fato, a versão, a conversão
17/11/2019 - 06h47 Medidor de paciência
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2020, UbaWeb. Direitos Reservados.