01/12/2022  04h02
· Guia 2022     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
SEÇÃO
Medicina e Saúde
17/06/2022 - 06h27
Fístula pode causar problemas à saúde?
 
 
Médico tira dúvidas sobre caso do ator Marcos Oliveira

A fístula é uma conexão anormal entre órgãos ou entre um vaso sanguíneo que se liga a uma artéria. De acordo com o médico Tasso de Carvalho, ela pode ser definida como “um canal, previamente inexistente, entre duas estruturas não normalmente conectadas, como um órgão que se liga a outro órgão; portanto uma comunicação anômala entre 2 órgãos”.

As fístulas podem surgir em várias regiões do corpo humano, ganhando nomes diversos, e aparecem como consequência de uma lesão, como por exemplo, um abscesso, ou outra doença.

O médico explicou que as fístulas são detectadas, geralmente, por meio de exames de imagem como a sigmoidoscopia e a colonoscopia.

De acordo com o profissional de saúde, o paciente pode ter problemas em decorrência dessa condição, assim como o caso da fístula do ator Marcos Oliveira, que comunica a próstata à bexiga. “Se não tratada, ela pode causar infecções recorrentes, já que permite a chegada de urina à próstata”, disse.

O ator e comediante Marcos Oliveira, o intérprete do Beiçola, surpreendeu os fãs e seguidores ao postar em sua conta no Instagram um vídeo pedindo dinheiro para suas contas do dia a dia e juntar dinheiro para fazer uma cirurgia de fístula na uretra. Em dezembro de 2021, ele chegou a ser internado no setor de urologia do Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, com uma infecção urinária devido a uma fístula entre a próstata e a bexiga.

O mestre em Ciências da Saúde, Dr. Tasso, pontuou que essa é uma condição grave, principalmente, em casos como o do ator, que também possui o diagnóstico de diabetes melitus. “A diabetes, por sua vez, aumenta o risco de infecções e prejudica o processo de cicatrização.”

Conforme o médico, nem todos os casos de fístula necessitam de intervenção cirúrgica. “Pequenas fístulas podem cicatrizar espontaneamente, no entanto, fístulas maiores e aquelas que comunicam órgãos que podem ser infectados, a cirurgia é a melhor escolha”, finalizou.

PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "MEDICINA E SAÚDE"Índice das publicações sobre "MEDICINA E SAÚDE"
30/11/2022 - 05h13 Dicas para pessoas com cirurgias eletivas marcadas
28/11/2022 - 06h21 As 7 doenças mais comuns após os 50 anos de idade
25/11/2022 - 05h35 9 causas de dor nos olhos
24/11/2022 - 06h05 1 a cada 4 pessoas sofre com arritmias cardíacas
22/11/2022 - 06h03 Descoberta do diabetes pode acontecer por acaso
21/11/2022 - 05h35 Osteopatia e seus benefícios para o CrossFit
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2022, UbaWeb. Direitos Reservados.