12/05/2021  18h23
· Guia 2021     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Evely Reyes
09/04/2014 - 16h03
Eliana de Oliveira, caiçara de Ubatuba
 
 
Arquivo 

Lá se vão nove anos. Embora não esteja presente no mundo físico encontra-se nos corações de seus amigos e parentes.

Ficaram as boas lembranças das músicas cantadas e embaladas ao violão, das boas conversas, das comidas gostosas que tão bem sabia fazer e das inúmeras risadas que contagiavam a todos.

Inesquecíveis suas participações nas Feirinhas de Adoção da Praça Treze de Maio, seus muitos discursos na Câmara Municipal em prol dos bichos e o belo trabalho desenvolvido na presidência da APAUBA – Associação Protetora dos Animais de Ubatuba.

Alguns talvez desconheçam, mas a veia literária e poética dessa querida amiga faz parte da história da Fundart, onde no ano de 1987 obteve o 1º lugar no Concurso Idalina Graça de Poesia e no ano de 1990, como coordenadora e gerente executiva do Grupo Setorial de Literatura foi criadora do Concurso de Contos Washington de Oliveira, desde então promovido todos os anos.

Admirável era sua perseverança e o contentamento em fazer as coisas, quaisquer que fossem elas, direcionadas a humanos ou não humanos.

Quem é protetor, apaixonado por bichos sempre brinca dizendo que quando um ativista faz a transição para o mundo extra físico são os cachorros que com ele conviveram os primeiros seres que o recebem.

Um caiçara que se preze não fica sem seu amigo peludo e Eliana que foi acompanhada de tantos cães ao longo de sua vida deve ter ficado impressionada e feliz em meio ao vai e vem dos inúmeros rabos esfuziantes...

Com absoluta certeza devem ter proporcionado a ela uma calorosa e agitada recepção.

Nós, por aqui, continuaremos sempre saudosos e também felizes pela oportunidade de ter tão boas recordações.

Muita Paz para você, Li.


Nota do Editor: Evely Reyes Prado, reyesevely@yahoo.com.br, paulistana, formada em Direito pela PUC-SP, morou em Ubatuba por vinte anos, onde aposentou-se pelo Tribunal de Justiça - SP e foi integrante da APAUBA - Associação Protetora dos Animais de Ubatuba. É autora de contos em Antologias diversas, e dos livros “Tudo Tem Seu Tempo Certo” e “Do Um ao Treze”, encontrados através do site www.scortecci.com.br.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "CRÔNICAS"Índice das publicações sobre "CRÔNICAS"
12/05/2021 - 06h16 A serenidade do amor materno
11/05/2021 - 05h46 Mais pedaladas de avós
10/05/2021 - 07h40 Divina confirmação
09/05/2021 - 06h26 Álgebra
07/05/2021 - 06h03 A casa dos silêncios
06/05/2021 - 06h56 Antes de dormir do que morrer
ÚLTIMAS DA COLUNA "EVELY REYES"Índice da coluna "Evely Reyes"
13/06/2018 - 08h13 Chocolate: mais um cão abandonado em SP
21/04/2018 - 07h52 Prefeitura promete castração e muito mais
28/01/2018 - 07h42 Gestão consciente 1 X Crueldade 0
23/12/2017 - 08h39 Bem-vindo o Castramóvel
06/12/2017 - 06h38 Um ilustre ubatubense de coração
18/11/2017 - 08h21 Jantar beneficente no Restaurante Papagalli
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2021, UbaWeb. Direitos Reservados.