25/10/2021  23h41
· Guia 2021     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Evely Reyes
13/06/2015 - 14h10
Rodízio de pizza da Ong Alma Vira-lata
 
 
 
Divulgação 
  Jantar no dia 18 de junho, a partir das 19h00, na Pizzaria Xavante, Itaguá, Ubatuba, SP.

Não é fácil ser voluntário e muito menos ativista em prol da causa animal. Os seres humanos ainda são muito egoístas, incapazes de respeitar seus pares e têm grande dificuldade em considerar os bichos como detentores dos mesmos direitos. O fato de não falarem e de sua comunicação entre si ser diversa, ao longo dos anos a humanidade os julgou inferiores e passou a escravizar não humanos de todas as maneiras possíveis com o intuito de lucrar financeiramente e de satisfazer seus infames desejos.

Não se pode falar em compaixão se não for estendida a todos os seres vivos, pois não humanos são sencientes como os humanos: eles têm capacidade de vivenciar dor, amor, felicidade, raiva, alegria e amizade e muitos outros sentimentos.

É interessante como existe uma relação muito próxima entre o desenvolvimento moral, cultural e social de um povo e a proteção aos animais. Os países anglo-saxônicos são um verdadeiro exemplo disso e estão muitos anos à frente do Brasil, como também distantes de alguns países do sul da Europa, pois além de contar com filósofos e estudiosos do direito que se dedicam à proteção jurídica dos animais ainda têm padrões de civilidade e valores correspondentes que tornam reais as garantias aos não humanos.

Em se tratando especificamente de cães e gatos o Brasil conta com inúmeros municípios que têm políticas públicas voltadas para o bem estar destes peludos, pois seus governantes têm visão ampla sobre sua importância para a saúde pública e a consequente relação com o meio ambiente e turismo.

Perante Caraguatatuba e Ilhabela a cidade de Ubatuba é das três do litoral norte do Estado de São Paulo a mais desrespeitosa e atrasada em relação à proteção de animais: os voluntários e ONGs que cuidam destes não humanos recentemente assistiram ao retrocesso histórico nesta área com a suspensão das castrações por parte da Prefeitura Municipal.

Pasme querido leitor: o direito adquirido foi extinto, a conquista foi perdida e o resultado pode ser previsto a partir dos próximos meses: dezenas, centenas e depois milhares de filhotes pelas esquinas, praias, rios e estradas da querida cidade.

São necessários jantares, bazares e eventos dos mais diversos para que se consiga arrecadar fundos em benefício dos animais abandonados da cidade.

No próximo dia 18 de junho, a partir das 19h00, na Pizzaria Xavante, localizada à Rua Guarani 537 – bairro do Itaguá haverá um jantar organizado pela ONG ALMA VIRA-LATA com o objetivo de captar recursos que serão destinados às necessidades mais urgentes dos peludos. Será um rodízio de pizzas, no valor de R$ 38,00 por pessoa e as opções são: margherita, frajola (abobrinha e mussarela), portuguesa, e frango com catupiry.

O participante do evento além de passar momentos agradáveis na noite da próxima quinta-feira estará também colaborando com uma causa nobre ao tomar uma atitude em prol dos animais de Ubatuba que neste momento se encontram desassistidos pela Prefeitura Municipal: ela não mais se preocupa em efetivar o controle de natalidade de cães e gatos, tão significativa na prevenção e erradicação de algumas zoonoses.

Reflita sobre a importância desta atitude e junte-se aos voluntários que através do trabalho com cães e gatos não só trazem benefícios a estes, como aos moradores e eventuais turistas que frequentam a cidade.

Caso também esteja incomodado ao extremo com a suspensão das castrações e não queira pecar pelo silêncio, aproveite para reivindicar a volta das mesmas junto aos órgãos competentes ou ao Prefeito, senhor Mauricio Moromizato. Será um avanço para todos.


Nota do Editor: Evely Reyes Prado, reyesevely@yahoo.com.br, paulistana, formada em Direito pela PUC-SP, morou em Ubatuba por vinte anos, onde aposentou-se pelo Tribunal de Justiça - SP e foi integrante da APAUBA - Associação Protetora dos Animais de Ubatuba. É autora de contos em Antologias diversas, e dos livros “Tudo Tem Seu Tempo Certo” e “Do Um ao Treze”, encontrados através do site www.scortecci.com.br.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "UBATUBA"Índice das publicações sobre "UBATUBA"
25/10/2021 - 06h10 De olho em Ubatuba - 25/10/21
25/10/2021 - 06h08 Coleta seletiva nos prédios públicos de Ubatuba
24/10/2021 - 07h08 Veja a agenda da semana de aniversário de Ubatuba
23/10/2021 - 05h32 Rastreamento de câncer bucal em Ubatuba
22/10/2021 - 06h24 Ubatuba volta às aulas com 100% da capacidade
22/10/2021 - 06h20 Programa de Eficiência Energética em Ubatuba
ÚLTIMAS DA COLUNA "EVELY REYES"Índice da coluna "Evely Reyes"
13/06/2018 - 08h13 Chocolate: mais um cão abandonado em SP
21/04/2018 - 07h52 Prefeitura promete castração e muito mais
28/01/2018 - 07h42 Gestão consciente 1 X Crueldade 0
23/12/2017 - 08h39 Bem-vindo o Castramóvel
06/12/2017 - 06h38 Um ilustre ubatubense de coração
18/11/2017 - 08h21 Jantar beneficente no Restaurante Papagalli
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2021, UbaWeb. Direitos Reservados.