25/10/2021  23h12
· Guia 2021     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Ricardo Yazigi
11/04/2005 - 10h10
As pontes de Ubatuba
 
 

Outro dia fui convidado a participar como entrevistado do dia num telejornal da TV regional. Terminei minha entrevista falando da situação precária de conservação das obras que está acarretando a queda indiscriminada de edifícios e pontes. Nos últimos tempos tenho participado de vários ensaios de durabilidade de pontes pertencentes a estradas federais, o que tem me deixado intranqüilo com relação à segurança dessas obras.

Muitas pontes de Ubatuba não fogem à regra, principalmente as que servem de acesso aos bairros. Não bastasse a péssima conservação de algumas pontes do município, ainda existe o fato de que muitos locais não têm acesso por falta de uma única ponte. Alguns casos são mais dramáticos como os dos pequenos produtores de bananas que não têm como ampliar a produção pelo simples fato de não ter como escoá-la, sendo obrigados, pasmem, a carregar os cachos atravessando o rio a pé. É claro que num município como Ubatuba, rico em corpos d’água a necessidade da construção de pontes é grande, mas chegou o momento de organizar os sistemas viários de forma a promover o desenvolvimento do município que já não pode mais esperar.

Que a última tempestade que não acabou em bonança, mas sim em inundação desperte em todos, munícipes e municipalidade, a vontade de reorganizar de vez por todas o município fazendo projetos de macro-drenagem e reconstituição do sistema viário.

Nas últimas décadas, Ubatuba só tem andado de ré, ignorando a evolução dos tempos e das mais modernas técnicas de planejamento. A cidade abandonada aguarda ansiosa sua redenção. Não há mais tempo a perder. Que todos se levantem desse estado marasmódico e ajudem a construir a ponte mais importante do município: a ponte que unirá Ubatuba à civilização moderna, onde em primeiro lugar se avistará o resgate à cidadania e o respeito da municipalidade para com seus munícipes remindo o amor perdido dos habitantes e visitantes pelo município, para depois incluir esse pequeno município, chamado por seus próprios residentes, de curva de rio, para o primeiro mundo onde acima de tudo impera o respeito mútuo entre munícipe e município.

Que após a próxima tempestade venha de fato a bonança.


Nota do Editor: Ricardo Yazigi é engenheiro civil, mestre em ciências pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "OPINIÃO"Índice das publicações sobre "OPINIÃO"
25/10/2021 - 06h09 Os escabriados
24/10/2021 - 07h07 A CPI pariu um rato
23/10/2021 - 05h31 Solidariedade, visão sistêmica e inclusão
22/10/2021 - 06h22 O risco de desabastecimento de diesel e gasolina
21/10/2021 - 05h53 Conflitos mundiais
20/10/2021 - 06h31 CPI da Covid desviou-se e não sabe como terminar
ÚLTIMAS DA COLUNA "RICARDO YAZIGI"Índice da coluna "Ricardo Yazigi"
20/03/2018 - 05h52 Como surgiram os buracos de Ubatuba
23/02/2018 - 07h40 Tinha um buraco no meio do caminho
01/04/2014 - 08h00 Ninguém cuida melhor de seus buracos que Ubatuba
11/03/2014 - 07h00 Bolsa Brasil
27/11/2012 - 09h12 Desplugue-se
15/11/2012 - 08h00 Pequenas empresas, péssimo negócio
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2021, UbaWeb. Direitos Reservados.