21/09/2019  20h21
· Guia 2019     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Rui Grilo
06/03/2015 - 10h01
Um novo centro de formação em Ubatuba
 
 

Nos dias 28/02 e 01/03, participei do curso de formação de coletores de sementes na Fazenda Marafunda, propriedade da família Meirelles.

Este curso surgiu devido ao aumento da comercialização da polpa da juçara e falta de mão de obra especializada na coleta de seus frutos. Na Fazenda Marafunda há caiçaras que sobem na juçara com a maior facilidade pois faz parte da relação cotidiana entre o homem e seu meio ambiente. No entanto sentiu-se a necessidade de um trabalho preventivo contra acidentes devido à quedas e a permitir que qualquer pessoa em condições físicas normais possa coletar não só a semente da juçara mas de outras plantas altas. Para isso, o curso teve uma parte prática de elaboração de nós em cordas e atividades de subida próprias do rapel e do alpinismo.

Como se sabe, a palmeira juçara estava em extinção devido ao seu corte para aproveitamento do seu palmito. Com o uso de sua polpa, houve uma nova forma de geração de renda e estímulo ao seu plantio e a sua preservação. Como a juçara só se desenvolve na sombra, seu cultivo depende da preservação da floresta nativa ou em consórcio com outras árvores. Na Fazenda Marafunda esse plantio é consorciado com o cultivo do cacau, que é uma outra planta que requer sombra para melhor produção. Na Fazenda também há outras atividades agropecuárias, inclusive a compostagem e produção de adubo, tornando-se um espaço adequado para a realização de cursos voltados para as questões relacionadas à agrofloresta e a agropecuária, os quais têm sido realizados em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ubatuba, com a Prefeitura Municipal e com o Instituto Bacuri.

O Instituto Bacuri, instituição cadastrada no CMDCA – Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente – tem-se firmado como um captador de recursos para financiar projetos sociais de formação e desenvolvimento.

No sábado, à tarde pudemos ter idéia da articulação dos pequenos produtores agropecuários, pois houve uma reunião para tratar da melhor forma de fornecer alimentos para a merenda escolar.

Também houve divulgação e inscrição para um novo curso de olericultura.
No domingo, no final do curso discutiu-se a necessidade de estudos sobre a flora e a fauna da região. Decidiu-se pela continuidade de encontros para troca de experiências e avaliação dos resultados.


Nota do Editor: Rui Alves Grilo é professor da rede pública de ensino desde 1971. Assessor e militante de Educação Popular.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "UBATUBA"Índice das publicações sobre "UBATUBA"
21/09/2019 - 06h58 Ubatuba às claras!
20/09/2019 - 06h52 Outubro é mês de festas em Ubatuba
19/09/2019 - 07h21 Distribuição de mudas no Dia da Árvore em Ubatuba
18/09/2019 - 06h22 Prestação de contas da Saúde em Ubatuba
17/09/2019 - 06h53 E nas areias de Ubatuba... (CCLXXIX)
16/09/2019 - 07h12 Pauta da Sessão da Câmara de Ubatuba para 17/09
ÚLTIMAS DA COLUNA "RUI GRILO"Índice da coluna "Rui Grilo"
23/11/2017 - 06h27 Projeto de vigilância comunitária no Perequê-Açu
24/10/2017 - 06h21 Chega de cocô na praia
17/10/2017 - 07h18 Ninguém do Ipiranguinha
28/09/2017 - 06h48 Perequê-Açu, em Ubatuba, pode virar Massaguassu
18/09/2017 - 07h19 Semar constrói ilhas de calor no centro de Ubatuba
10/01/2017 - 08h04 Quando o dia chegar
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2019, UbaWeb. Direitos Reservados.