22/06/2024  07h53
· Guia 2024     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Alexandru Solomon
03/09/2016 - 08h12
E la nave vá e ritorna
 
 
Conversa (des)afinada

É preciso admitir que o Exmo. Senhor Ricardo Lewandowski chuta melhor que seu homônimo que atua no Bayern de Munique. Pegou de voleio uma proposta de destaque, driblou o artigo 52 da nossa Constituição e, pronto! É o caso de se dizer que foi um golpe... de mestre, no qual não pode ter havido improvisação; foi uma jogada ensaiada. Querer anular a votação do destaque levará o processo à estaca zero, o que, na ausência de jurisprudência, significará uma interminável coreografia em torno do tapetão com desdobramentos tenebrosos. Tapetão lembra tatame, de-ashi-barai, osotogari, rasteira, em suma.

Os beneficiários já são os já conhecidos alvos da Lava Jato. Poderão ser cassados e voltar a candidatar-se alegres e sorridentes, com a quase certeza de serem “inocentados pelas urnas”, e assim, engrossar, ou na pior das hipóteses, manter constante o famigerado contingente dos 300 picaretas.

Quanto à “presidenta inocenta”, na pitoresca expressão do senador Lindbergh, além de poder alegar total inocência, já que foi condenada pela metade – a velha história do copo meio cheio, meio vazio, não fica claro, com o currículo que possui, que emprego ela poderia conseguir, fora da órbita companheira. O tempo dirá.

O melhor que resta ao comando petista seria explicar aos ‘movimentos populares’, “exército dos Boulos e Stédile” que “oposição implacável” não significa depredar bens públicos ou privados nem a institucionalização da baderna como forma de diálogo. Seria um gesto de grandeza do qual dificilmente será capaz.


Nota do Editor: Alexandru Solomon, formado pelo ITA em Engenharia Eletrônica e mestrado em Finanças na Fundação Getúlio Vargas, autor de “Almanaque Anacrônico”, “Versos Anacrônicos”, “Apetite Famélico”, “Mãos Outonais”, “Sessão da Tarde”, “Desespero Provisório”, “Não basta sonhar”, “Um Triângulo de Bermudas”, “O Desmonte de Vênus”, “Plataforma G”, “Bucareste”, “A luta continua” e “A Volta”. Nas livrarias Cultura e Siciliano. E-mail do autor: asolo@alexandru.com.br.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "OPINIÃO"Índice das publicações sobre "OPINIÃO"
31/12/2022 - 07h25 Pacificação nacional, o objetivo maior
30/12/2022 - 05h39 A destruição das nações
29/12/2022 - 06h35 A salvação pela mão grande do Estado?
28/12/2022 - 06h41 A guinada na privatização do Porto de Santos
27/12/2022 - 07h38 Tecnologia e o sequestro do livre arbítrio humano
26/12/2022 - 07h46 Tudo passa, mas a Nação continua, sempre...
ÚLTIMAS DA COLUNA "ALEXANDRU SOLOMON"Índice da coluna "Alexandru Solomon"
19/07/2019 - 06h51 Descanso
20/08/2017 - 08h16 Encontro
04/06/2017 - 07h29 Inspiração
09/04/2017 - 05h45 Brasil urgente
26/03/2017 - 07h17 Lucy nos mistérios das finanças
12/03/2017 - 05h56 No Turcomenistão
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2024, UbaWeb. Direitos Reservados.