19/08/2022  17h12
· Guia 2022     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Norberto Kovacevick
27/08/2009 - 12h04
Venda por aparência
 
 

É triste e inadmissível que ainda há homens e mulheres de vendas que “acham” que apenas irão vender à pessoas com boa aparência e que possam trazer alguma segurança quanto ao pagamento de prestações e/ou boletos.

Há um fato e foi verídico, onde um senhor de aparência humilde, maltrapilho e com olhar aparentando tristeza, entrou em uma concessionária e fitou uma pick-up luxuosa e que possuía maior valor agregado que as demais.

Bem, depois de muito tempo de espera e ninguém sequer o atendeu ou fez a pergunta básica em vendas “Posso ajudá-lo?”, o mesmo resolveu ir solicitar atendimento a um “vendedor” e questionou: Quanto custa este carro... depois de pensar (o vendedor) qual seria a melhor resposta, pois em sua mente seria apenas mais um “curioso” e se fosse? Bem, respondeu com todas as letras possíveis: Meu senhor, esta pick-up custa “x” mas acho que esta muito fora das suas condições.

Portanto, quem pensou agora foi o senhor humilde... e disse: meu filho: aquele colega seu é vendedor também? Sem entender o homem que o atendeu ou melhor foi solicitado pelo senhor, respondeu, sim? E o senhor pediu para chamá-lo e sem questionar foi logo dizendo ”fio” embrulha uma dessa aqui para presente na cor azul e outra na cor preta eu vou levar agora e pagar à vista.

O vendedor despreparado quase teve um infarto do miocárdio pela perda de uma gorda comissão.

E por incrível que pareça, esta estória todos que trabalham com vendas conhecem ou já ouviram falar e continuam a cometer os mesmos erros, ou seja, achando que a aparência é que faz a venda.

Digo isto pois estive em um Shopping Center de concessionárias de veículos na Zona Leste da Capital, neste último dia 23/08/09 e me senti aquele senhor... Ah! esqueci de falar que o mesmo era um grande fazendeiro com alto poder aquisitivo, e voltando ao assunto apenas uma das concessionárias nos deu alguma atenção, pois o restante onde haviam diversos “vendedores” sequer levantaram da cadeira com alguma expectativa de venda e lógico que estávamos apenas olhando, não iríamos comprar carro algum, meros curiosos, mas digo: Será que eles tem bola de cristal?


Nota do Editor: Norberto Kovacevick é Coordenador de Vendas, Palestrante e Professor em Vendas.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "ECONOMIA E NEGÓCIOS"Índice das publicações sobre "ECONOMIA E NEGÓCIOS"
03/08/2022 - 06h14 Microfranquias crescem e ganham espaço no país
02/08/2022 - 06h18 O momento certo de comprar e vender criptomoedas
23/07/2022 - 06h21 CMN revoga normas de antigo fundo do Pasep
18/07/2022 - 06h41 Gestão de custos e planejamento a longo prazo
15/07/2022 - 06h39 Vendas no varejo crescem 0,1% em maio, diz IBGE
13/07/2022 - 06h22 Motivos de demissão por justa causa
ÚLTIMAS DA COLUNA "NORBERTO KOVACEVICK"Índice da coluna "Norberto Kovacevick"
22/04/2012 - 11h00 Frases de motivação para vendas
21/12/2011 - 12h15 Vendas: lidando com objeções
25/08/2011 - 15h05 A pedra no caminho
14/08/2011 - 10h04 10 dicas para ser um super vendedor
15/01/2011 - 11h18 Nada se cria, tudo se copia
03/05/2010 - 05h29 Geração WWW
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2022, UbaWeb. Direitos Reservados.