19/08/2022  17h25
· Guia 2022     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Norberto Kovacevick
25/08/2011 - 15h05
A pedra no caminho
 
 

A pedra no nosso caminho. Há muitos anos, um rei colocou uma enorme pedra no meio de uma estrada. Então, ele se escondeu de forma que ninguém, mas ninguém mesmo poderia vê-lo e ficou observando qual seria atitude de quem passasse pela estrada e encontrasse a devida pedra.

Alguns homens já estabelecidos financeiramente simplesmente davam a volta pela pedra e seguiam em frente. Alguns até esbravejaram contra o rei dizendo que ele não mantinha as estradas limpas e que os impostos cobrados por ele eram um absurdo ao ver a PEDRA NO CAMINHO, mas nenhum deles tentou sequer mover a pedra dali.

De repente, passa um camponês com um bom carregamento de vegetais junto ao seu meio de transporte. Ao se aproximar da imensa pedra, ele pôs de lado a sua carga e tentou remover a pedra da estrada. Após muita perseverança, esforço e comprometimento consigo mesmo e com quem passasse por ali, ele finalmente removeu a pedra para o lado da estrada. Ele, então, voltou a pegar a sua carga de vegetais, mas notou que havia uma bolsa contendo valores em moedas no local onde estava a pedra.

A bolsa continha muitas moedas de ouro e prata e uma carta escrita pelo rei que dizia que o ouro era para a pessoa que tivesse removido a pedra do caminho e as moedas de prata à outras pessoas, neste caso o camponês, deveria distribuir a pessoas que ele confiava e que “poderiam” ter a mesma atitude que ele, ou seja, está aí o surgimento de espírito de equipe.

O camponês entendeu o que muitos de nós nunca entendeu: “Toda PEDRA NO CAMINHO contém uma oportunidade para melhorarmos e o objetivo não era apenas remover a pedra e sim ajudar a outras pessoas que não têm este tipo de percepção, mas que podem desenvolvê-la com a experiência de outras pessoas, como por exemplo: o camponês.”


Nota do Editor: Norberto Kovacevick é Coordenador de Vendas, Palestrante e Professor em Vendas.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "OPINIÃO"Índice das publicações sobre "OPINIÃO"
19/08/2022 - 06h29 Truco papudo
18/08/2022 - 06h49 A fome grita no país dos privilégios
17/08/2022 - 06h28 O número crescente de registros de armas e CACs
16/08/2022 - 06h21 Segurança cibernética preocupa escolas
15/08/2022 - 06h24 A defesa da democracia o país precisa e nunca teve
14/08/2022 - 06h08 Alfabetização emocional: o beabá das emoções
ÚLTIMAS DA COLUNA "NORBERTO KOVACEVICK"Índice da coluna "Norberto Kovacevick"
22/04/2012 - 11h00 Frases de motivação para vendas
21/12/2011 - 12h15 Vendas: lidando com objeções
14/08/2011 - 10h04 10 dicas para ser um super vendedor
15/01/2011 - 11h18 Nada se cria, tudo se copia
03/05/2010 - 05h29 Geração WWW
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2022, UbaWeb. Direitos Reservados.